dom. nov 18th, 2018

Eduardo Leite é o novo presidente do PSDB/RS

Eduardo Leite é o novo presidente do PSDB/RS

A Convenção estadual do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) homologou no início da tarde de sábado, 11 de novembro, o ex-prefeito de Pelotas Eduardo Leite como o novo presidente no Rio Grande do Sul. Leite, que sucede no cargo o atual prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Júnior, prometeu acelerar sua agenda pelo interior do Estado e falar das propostas dos tucanos para tirar o Rio Grande da crise. “Precisamos mostrar o que acreditamos e que o projeto está acima das pessoas”, defendeu. A nova executiva foi eleita por 236 votos a favor, 1 branco e três nulos.

Com o tom de consenso há muito não visto em uma convenção tucana, a conciliação promovida pelo novo presidente pode ser sentida nas manifestações da plateia e nos discursos dos filiados. O prefeito de São Jerônimo, Evandro Heberle, por exemplo, destacou que nos seus 27 anos de militância não lembrava de um encontro como aquele sem conflito interno.

O deputado José Stédile (PSB) destacou o prestígio que o ato de unidade do partido representava e o prefeito de Bento Gonçalves Guilherme Pasin (PP) aplaudiu a união dos tucanos e enfatizou o desejo de estar junto na caminhada ao governo do Estado por ser essa a melhor saída para os gaúchos e a vitória da boa política.

A harmonia plasmou-se na fala de despedida do presidente Marchezan, pela forma como qualificou o governo Yeda: “Todos sabem das nossas diferenças, mas o PSDB fez o melhor governo da história do Rio Grande do Sul”, afirmou.
“As diferenças entre os partidos não são abismos”, comparou o novo presidente. “Ao contrário, o que nos une é muito maior do que o que nos separa e o que nos une é a construção de soluções para o nosso Estado”, concluiu Leite. Para ele, os projetos de linha programática entre os partidos devem ser a tônica da nova bancada de apoio ao governo, que precisa compor uma força capaz de referendar as mudanças necessárias para sanear o Estado.

O ex-prefeito de Pelotas salientou também a importância da política como espaço transformador da sociedade e criador de novas lideranças. “A população está cansada de falas, quer entregas, resultados, quer alguém que compre as brigas necessárias, que enfrente com coragem as situações difíceis e encontre as soluções para melhorar a vida de todos.”

Mais de 1.400 convencionais lotaram o Teatro Dante Barone, da Assembleia Legislativa. O governador de Goiás e um dos candidatos à presidência nacional dos Tucanos, Marconi Pirillo, esteve presente, trazido pela ex-governadora gaúcha Yeda Crusius (PSDB).

O governador de São Paulo Geraldo Alckmin e o senador Tasso Jereissati mandaram mensagens, exibidas nos telões, em que ressaltaram a a força coesa da agremiação no RS.

Ao menos dez dos maiores partidos brasileiros enviaram representantes para prestigiar a eleição de Leite, que foi aclamado nos discursos e pela plateia como pré-candidato ao governo do Estado em 2018.

Os tucanos festejaram também o fato de serem hoje o maior partido do Estado no quesito prefeitura: 28% dos Executivos gaúchos são do PSDB. O segundo maior partido tem 18%. A convenção se encerrou com o hino rio-grandense, puxado pelo cantor nativista César Oliveira.

foto: Gustavo Vara

%d blogueiros gostam disto: